ARTIGOS

ARTIGOS
COMO FAZER UM RAP NERD

COMO FAZER UM RAP NERD?

Emplacar um HIT na Cena Geek se tornou alvo de muitos iniciantes dentro desse gênero, que se tornou um fenômeno no Brasil nos últimos anos, nos quais artistas vêm alcançando centenas de milhões de visualizações em músicas e, em seus canais, ultrapassam a marca de dez dígitos de acessos, tornando este um meio muito lucrativo e notado pela comunidade musicista.

Você sabe como fazer um rap geek? Você já se perguntou ou mostrou interesse? pois então, aqui está o passo a passo!

INTRODUÇÃO

@OJONTS passa o caminho desde a composição até o marketing que contorna o lançamento de um single para quem está iniciando na Cena Geek.

  • Nada como um profissional do assunto para te mostrar os passos, afinal ninguém nasce sabendo, e tendo um Sensei para nos auxiliar no caminho é tudo! Eu sou Ojonts, venha comigo, vou te contar tudo sobre.

Emplacar um HIT na Cena Geek se tornou alvo de muitos iniciantes dentro desse gênero, que se tornou um fenômeno no Brasil nos últimos anos, nos quais artistas vêm alcançando centenas de milhões de visualizações em músicas e, em seus canais, ultrapassam a marca de dez dígitos de acessos, tornando este um meio muito lucrativo e notado pela comunidade musicista.

Contudo, as perguntas que rodeiam os entusiastas é:

  • Como fazer um rap nerd?
  • Como construir um bom lançamento?
  • Como colocar minhas músicas nas Plataformas Digitais?

Hoje traremos um resumo em 7 passos sobre como construir um single e lançar de forma eficiente nas principais redes de música e, assim, alavancar um projeto. Mas lembrando que, tudo isso em detalhes práticos você encontra no canal @ojonts.music no YouTube.

1 – INSPIRAÇÃO

Todo bom trabalho tem uma mensagem central a ser veiculada, e através desta, se constrói uma narrativa envolvente, que toca o sentimental das pessoas que compartilham da mesma ideia ou até são influenciadas por meio dela. Seja um filme, série, anime, é necessário compreender a importância de ter uma história central para construir a música, pois baseando sua criatividade nesse contexto, você consegue trazer uma vivência do personagem dessa obra que se assemelha com o que quer falar, seja algo triste ou alegre, que remeta a superação ou motivação, enfim. Essa vivência do personagem vai levar toda a mensagem que a música carrega, então escolha bem o que você quer retratar na música pois a impressão das pessoas sobre ela será o termômetro que acusará bom ou ruim o seu trabalho.

2 – MÚSICA

Tendo em mente o que você quer falar e a história que será narrada, agora vamos construir a parte musical, iniciando pela letra e melodia, que vão ser os veículos pelos quais a mensagem da musica vai ser transmitida. É importante que você tenha noção de música, tanto na parte técnica de cantar e construir melodias, como na parte poética, moldando a métrica dos versos e estrofes, sendo cada um parte importante no todo, pois com o decorrer da canção, as emoções vão sendo expressas nas rimas e combinações de palavras.

Detalhe importante: como estamos tratando de um gênero especifico, existem pessoas que executam bem esse serviço, cantores que já estão na Cena há tempos e que serão boas referências para seu inicio. Portanto, decida um estilo musical que será representado na canção, com uma rítmica que traga sentimento junto da letra e melodia.

3 – INSTRUMENTAL

Tendo a música composta, o acompanhamento instrumental, ou seja, a parte em que aparecerá o famoso “beat” (que é uma estrutura rítmica feito num programa de construção de áudio), será feito para incrementar o HIT, trazendo elementos que se relacionam inteiramente com o estilo musical escolhido, e também efeitos sonoros que levem o ouvinte a imergir dentro da história que está sendo narrada.

Desta forma, é necessário o trabalho de um beatmaker (produtor de beats), que construirá a parte instrumental da sua obra, conotando todo o sentimento dentro desta através de elementos sonoros criativos e envolventes.

4 – MIX E MASTER

A mixagem é o processo de balanceamento dos elementos dentro estrutura de áudio, que por sua vez, e composta por diversos arquivos de voz e instrumental que você, como cantante e o beatmaker como construtor rítmico gravaram. Esse balanceamento serve para deixar tudo harmonioso, de forma que nenhuma célula de áudio atrapalhe a composição como um todo, seja cobrindo a voz de quem canta ou sobressaindo por cima da melodia do instrumental de forma desagradável.

Após a mixagem, o processo de masterização é a ultima faze da construção musical, onde o áudio final extraído da mixagem é tratado e melhorado como forma de dar ao ouvinte a experiência mais especial possível com aquela música.

Esses dois processos podem ser feitos por dois profissionais distintos, um de mix e outro de master, como também por alguém que domine as duas áreas de atuação.

5 – EDIÇÃO DE VÍDEO

A plataforma que mais vemos repercutir a Música Geek é o YouTube, e como este é um site que oferta produtos em vídeo, a construção necessária para um lançamento de sucesso agora parte para o âmbito do audiovisual. Portando, uma edição de vídeo que represente bem a mensagem da música fará toda a diferença na percepção da obra, pois os vários estilos de edição que existem vão ressaltar o que a música quer passar e impressionar tanto quanto a letra, agindo em conjunto para prender a atenção do expectador. Saiba escolher bem seu videomaker (editor de vídeo) e alinhem as ideias para uma construção de HIT impecável e muito bem elaborada.

6 – LANÇAMENTO

Para monetizar o seu trabalho, existem várias maneiras de veicular seu single, e as plataformas digitais (sites e aplicativos de música), são as ferramentas eficazes para este fim. O site OneRPM é um dos que fornece o serviço de transmissão da sua obra para essas plataformas, de forma geral, ele pega sua música e divulga no Spotify, Deezer, Apple Music, entre outras. No primeiro momento, quando você lança a música, o site não lhe cobra, contudo, a verba que é resultante do consumo dos seus ouvintes fica em parte com a distribuidora. Contudo, essa transmissão gratuita é muito útil para quem está no inicio de carreira.

7 – MARKETING

Suas redes sociais são a principal ferramenta para chegar até o público, sendo elas as pontes que ligam diretamente aos que consomem o mesmo nicho que você, os quais provavelmente vão gostar do seu trabalho.

Aí vão dicas de como usar seu WhatsApp e Instagram:

  1. WhatsApp: faça uma lista de transmissão com os amigos que você sabe que curtem o gênero que você trabalha e envie nela um vídeo com uma pequena prévia do seu som para eles colocarem no status, junto do seu link. Dessa forma, você já convida eles para assistirem ao mesmo tempo que ajudam a você divulgando seu trabalho.
  2. Instagram: poste um reels desta mesma prévia, usando boas hashtags, marcando cantores e páginas muito acessadas para linkar seu trabalho com o deles. Peça aos amigos também para comentarem no seu reels pessoas relevantes da Cena para que estes te divulguem em seus perfis.
  3. Da mesma forma que as redes sociais, o próprio YouTube é uma plataforma de divulgação eficaz que te conecta diretamente com os que consomem o seu nicho. Portanto, vá nos canais maiores e comente sobre suas obras, chamando atenção, desta vez, não dos artistas, mas de quem estará lendo seu comentário. Não apenas peça o acesso mas convença de forma inteligente a pessoa de que seu trabalho é de qualidade e valerá a pena ela consumir ele.

Viu como você tem condições de fazer um mega lançamento? Trabalhe em cada tópico desse e produza um super HIT que, sem dúvidas, esses tópicos vão te dar um norte para o sucesso. OJONTS Você pode acompanhar Ojonts em suas redes sociais: Youtube Instagram Spotify Trabalhos/participações

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *